Blog

Como criar sua reserva de emergência financeira

Reserva de emergência: como criar a sua

Quando tudo vira de cabeça para baixo, é importante ter uma reserva de emergência para passar pelas crises de forma muito mais tranquila. Confira só esse artigo.

Não tem nada melhor do que passar pelas crises com as finanças em dia. E um bom exemplo disso, a pandemia de coronavírus afetou a renda de milhares de brasileiros, seja pela redução salarial, suspensão de contratos e até mesmo pelo desemprego.

Neste momento, quem não cuidou das finanças e não montou uma reserva financeira sabe como é difícil. Pensando nisso, montamos um passo a passo bem simples para você fazer sua reserva de emergência agora e acabar com a dor de cabeça nos momentos de incerteza.

Entenda o que é reserva de emergência

Nós já fizemos um artigo contando porque você deve ter uma reserva de emergência, mas basicamente é um recurso em dinheiro que pode ser guardado aos poucos para utilizar apenas em momentos de extrema necessidade.

https://tapajosengenharia.com.br.br/blog_tapajos/por-que-ter-uma-reserva-de-emergencia/

Defina quanto você precisa ter de reserva

Antes de tudo, descubra o quanto você precisa mensalmente para viver. Anote seus gastos fixos, variáveis e acrescente 10% sobre eles. Sua reserva de emergência deve ter pelo menos o valor para que você consiga pagar suas contas por 6 meses sem entrar nenhum centavo de renda. O ideal é ter reserva para 1 ano, mas 6 meses vão te deixar super tranquilo.

Pague todas as dívidas

Se você tem alguma conta em atraso ou dívidas, pague antes de fazer sua reserva de emergência. Você não pode deixar juros de dívidas correndo enquanto aplica seu dinheiro, certo? Se organize para pagar todas as contas para em seguida aplicar dinheiro em sua reserva financeira.

Comece a aplicar

Defina quanto do seu salário você precisa guardar mensalmente para a sua reserva de emergência. Se você tem um controle financeiro básico, defina uma parte dos seus rendimentos para aplicar na reserva financeira. Tente estabelecer uma meta entre 5% e 20% do seu salário e cumpra todos os meses. Além disso, aplique em um investimento de liquidez diária para não sair no prejuízo caso você precise utilizar o dinheiro.

Saiba quando usar

A reserva de emergência existe para que você não passe aperto. Se você chegou num momento em que realmente precisa usar o dinheiro que foi guardado para a reserva de emergência, fique aliviado por ter um controle financeiro que deu certo.

Com certeza você não vai precisar usar todo o valor investido de uma vez, portanto, use apenas o necessário para a emergência e assim que tudo se estabilizar, trate como prioridade o restabelecimento do valor da sua reserva.

E aí? Gostou dessas dicas? Já tem uma reserva de emergência? Conta pra gente nas redes sociais.

Veja também: Dicas para economizar dinheiro sem sofrer

Fique por dentro

Cadastre-se e receba novidades por email.

Nenhum comentário





          © 2024 Tapajós Engenharia. Todos direitos reservados. | Por: IGMA DIGITAL