Blog

A importância do autoexame no diagnóstico precoce do câncer de mama

Autoexame das mamas: a importância do diagnóstico precoce do câncer | Outubro Rosa

Autoexame das mamas: a importância do diagnóstico precoce do câncer | Outubro Rosa

A prevenção é fundamental para evitar o câncer de mama. E é muito importante que você se informe sobre este assunto. Neste artigo demonstramos a importância do autoexame.

 

É muito melhor prevenir do que remediar. E o autoexame das mamas é uma das formas mais simples de detectar alguma anomalia, além de ser um dos métodos mais eficazes.

Mais de 58 mil casos de câncer de mama são registrados por ano no Brasil. Por isso, é importante que exame seja feito uma vez por mês, de preferência logo após a menstruação.

 

A importância do autoexame

O autoexame auxilia no rastreamento do câncer de mama e pode evitar que prossiga por um estágio avançado, e isso aumenta as chances de cura. É bom lembrar que o ele não substitui um programa de rastreamento completo, mas é de extrema importância conhecer o próprio corpo para fornecer ao médico mais informações.

Existem mulheres que pertencem a um grupo de maior risco, como as que tem histórico familiar de câncer de mama e ovário, tratadas com radioterapia na adolescência ou infância e as portadoras de lesões pré-malignas da mama.

 

Passo-a-passo para fazer o autoexame

  • Para fazer o autoexame é necessário realizar uma avaliação em frente ao espelho, em pé e deitada. Para isso:
  • Retire toda a roupa;
  • Se observe de braços caídos;
  • Levante os braços e observe as mamas;
  • Coloque as mãos apoiadas na bacia e faça pressão para observar se existe alguma alteração na superfície da mama;
  • Faça movimentos circulares e aperte levemente os seios com os dedos;
  • Eleve o braço e deslize os dados da mão esquerda sobre a mama direita, estendendo até a axila e repita o movimento do outro lado.

 

O que também deve ser avaliado?

No momento do autoexame, avalie o tamanho, a forma e a cor das mamas, além dos inchaços, abaixamentos, saliências ou rugosidades. Preste bastante atenção nisso. Se houverem alterações em comparação com o exame anterior ou diferenças entre as mamas, marque uma consulta com o ginecologista.

Cuide-se. Faça o autoexame. Um olhar sobre você mesma te permite viver com mais dignidade e qualidade.

 

Veja também Outubro Rosa: dicas para prevenção do câncer de mama.

Fique por dentro

Cadastre-se e receba novidades por email.

Nenhum comentário





          © 2024 Tapajós Engenharia. Todos direitos reservados. | Por: IGMA DIGITAL